De moto para o Atacama – 9º DIA

TERÇA-FEIRA, 24/10/2017

Bom dia! Hora de deixar San Pedro de Atacama e seguir para Antofagasta. Saímos cedo, tomar o último café da manhã maravilhoso na Franchuteria e pegamos a estrada. Seguimos pela RN23 até Calama, deu uns 95 km. Em Calama, pegamos o acesso para a RN24 até Tocopilla, para depois descer pela RN1. Sim, este caminho é mais longo, subimos para depois descer, mas queríamos descer costeando o Pacífico. Rodamos uns 150 km pela RN24 e, no final, a estrada vai contornando as montanhas até que, de repente, o Oceano Pacífico surge na nossa frente. É muito legal saber que cruzamos o continente, só conhecíamos o Atlântico.

Dali descemos 170 km pela RN1 e, antes de chegar em Antofagasta, fizemos uma parada rápida em La Portada, que é um ponto turístico da região, perto do aeroporto Cerro Moreno. Lá encontramos um desfiladeiro de pedra, banhados pelo oceano e uma formação de pedra mais afastada com um buraco ao meio, dando um ar mediterrâneo ao lugar.

Em 30 km chegamos a Antofagasta, que é uma cidade diferente do clima do deserto, é uma cidade grande, urbana, com um tráfego intenso de veículos. Pelo GPS encontramos o Eile Hostel, pegamos um quarto por 20.000 pesos, desta vez, compartilhando com uma hóspede dos EUA, muito simpática, que também estava pernoitando para seguir para Copiapó. Uma coisa interessante que percebemos foi a quantidade de mulheres de meia-idade (e até de terceira idade) mochilando sozinhas pelo mundo, não sabemos se são solteiras, viúvas ou divorciadas, mas isso não importa; o legal é ver que não existe idade para se aventurar e explorar novos lugares, novas formas de vida, novas culturas. Nunca é tarde demais para abraçar as inúmeras possibilidades da vida e elas estão nos ensinando isso muito bem.

Mas, seguimos em frente. Gostamos muito da estrutura deste hostel, bastante limpo, wi-fi com sinal forte e até que é bem localizado.

Fonte: Booking.com
Fonte: Booking.com

Nos instalamos e depois saímos para jantar. O hostel fica perto de um supermercado chamado Lider e um mini shopping, bem à margem da praia Paraíso e de um terminal de pesca. Antofagasta é a capital da província de mesmo nome, e é conhecida popularmente no Chile como a “pérola do Norte”. A principal atividade econômica de Antofagasta é a exploração de minerais, principalmente o cobre.

Fonte: Google Maps

Jantamos na praça de alimentação do mini shopping e comemos uma pizza e tomamos duas latas de refrigerante por 5.200 pesos. É hora de dormir, pois agora seguimos viagem, convidamos vocês a virem conosco para Copiapó. Um abraço e pé na estrada!

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *